sábado, 2 de abril de 2016

Mamães sejam fortes...

Heey pessoinhas,

Estou muito empolgada para gravar vídeo, mas, sem condições no momento, então, vou fazendo em forma de post tudo que eu tenho a compartilhar para não acabar esquecendo depois.

O assunto hoje é com as mamães. Eu acho super importante que as mães sejam a nossa grande influência, a minha sempre foi, principalmente em questão de roupas e tal.
Na minha época, eu acho, era muito mais complicado assumirmos coisas como o nosso cabelo. Lembro que eu tinha muitas amiguinhas brancas e eu queria muito ser como elas. Minha melhor amiga tinha e tem o cabelo lá na cintura, liso. E hoje quando eu lembro fico até meio chocada com as coisas que eu fazia para parecer com ela. Até o tamanho do pé dela eu queria, sério.

Eu não sou muito de comentar minhas frustrações com minha mãe, e também não gosto muito que ela me pergunte. Ela já se acostumou e sempre deixa que eu fale, porque, se eu falo é porque cheguei ao meu limite. Então, acho que isso me prejudicou bastante, se eu tivesse conversado mais com ela sobre a minha vontade de se branca e lisa, ela me incentivaria a ser quem eu sou, tenho certeza que seria mais facil a minha aceitação.

Hoje, eu acho, é bem mais fácil porque todo mundo está sendo quem é. Meu conselho é: conversem com suas filhas! Principalmente, se ela está em fase de descobertas, perguntem como ela se vê, sobre o dia delas, sejam amigas. É muito importante que as mães façam suas filhas lembrarem quem elas são.
Não obriguem elas , é claro. Mas incentivem elas a serem livres de julgamentos. Não importa o que as pessoas pensem, nós ainda somos donos dos nossos próprios corpos. Devemos sempre buscar atingir as nossas expectativa, pois, as expectativas das pessoas nós nunca alcançaremos. As mães precisam, ou melhor, DEVEM mostrar o quanto as filhas são especiais e que elas merecem respeito.


P.s. eu não tenho filha, essa é a Giovanna, filha da minha prima.


Tenham um ótimo final de semana!

Um beijo, Adna.