sábado, 9 de janeiro de 2016

Transição Capilar - 2 anos

Heeey Girls,

Tudo bem com vocês?
Ontem eu fui jantar com amigos e conhecidos, e uma amiga que resolveu entrar em transição me inspirou a escrever este post. Já que estamos começando um novo ano, quem sabe este não é o momento de você assumir seu cabelo verdadeiro? Não faça isso por moda, faça se você realmente quer, tem vontade de ser você sem precisar alterar os seus fios.

Eu acho tão divertido quando alguém me diz hoje "quero roubar seu cabelo" ou "porque o meu não fica igual ao seu?" Nem sempre foi assim meninas, eu tive minhas fases. Pesquisando nos meus achados e perdidos, encontrei uma das primeiras fotos que eu tirei quando resolvi entrar em transição e acabei descobrindo que estou a 2 anos em transição capilar. Mas como assim descobri? Eu falo assim por que sinceramente, eu não fiquei contabilizando quantos dias, meses e anos, eu simplesmente resolvi entrar nessa e fui. 

A transição, definitivamente, não é um mar de rosas. Não espere só sorrisos e fotos bombásticas. Se você entrar nessa pensando assim, vai acabar de frustrando. Espere muito choro, muito desespero, e principalmente: ESPERE!

Eu já tive cabelo liso, daqueles que tu não pode ver um fio fora do lugar. Andava muitas vezes com a chapinha dentro da bolsa, estava completamente viciada em usar, e parecia que nunca estava bom. Gastei rios de dinheiro em progressivas, definitivas, enfim...não que hoje eu não gaste, é claro que sim, mas hoje eu me sinto muito mais feliz porque não sou obrigada a sair correndo pro salão quando vence 3/6 meses de alisamento. Não importa se com ou sem dinheiro, o alisamento tinha que ser feito. Tenho prazer em andar na chuva, apesar de ela não deixar meu cabelo tão lindo assim. E sim, eu ainda relaxo a minha raiz, porque me sinto bem assim, faço em casa mesmo.

O que eu quero dizer pra vocês meninas é que toda a beleza de um cabelo black está acompanhada de uma longa história de paciência, de amor-próprio, de dedicação. Não são todas as pessoas que te elogiam, então, amor-próprio sim é muito necessário. Amizades também são um incentivo e tanto. Lembro que decidi mudar após receber um vídeo de uma amiga, era um vídeo da Rayza Nicácio, e eu fiquei completamente apaixonada. 

O seu cabelo vai ficar bonito, vai. Mas você precisa, e muito, ter paciência. Eu tive que todos os dias me reinventar, tive que achar maneiras de me achar bonita, e eu não estou falando dos diversos vídeos do Yt, sobre como finalizar e tal. Estou falando de acordar e ver que tu cortou mais da metade do teu cabelo e que nem chapinha resolve mais, você PRECISA aguentar, se olhar no espelho e dizer EU ESTOU LINDA. E sim, os vídeos e blogs ajudam demais, mas isso é algo que tem que vir de dentro, de ti, tua força de vontade. 

É fácil? Não, não é fácil, eu não sei se passaria novamente por isto hoje, mas eu digo que, a unica coisa que me manteve firme no meu propósito foi o meu querer. Eu queria muito o que eu sou hoje, e nada ia me fazer mudar de ideia. Eu foquei no meu resultado e ninguém me dizia que eu estava feia, porque eu me achava linda meeeu amor. Hoje olhando as fotos eu penso que estava louca, mas na época, um ondinha no cabelo me deixava eufórica. 

Tive época também, em que eu queria ter os cachos das blogueiras, eu não queria aceitar o meu tipo de cacho. Tive época em que eu não queria mais, eu usei mega hair, usei trança, babyliss me ajudou em alguns momentos, e por fim o corte. Digo pra você que na época do corte, eu estava tão decidida e feliz, louca pra ver o cachinhos que fui e cortei quase joãozinho, mas no outro dia eu queria meu cabelo com duas texturas de volta, eu queria chorar, queria que o tempo voltasse, não sei. Mas hoje, quando eu ouço as pessoas comentando, positivamente, sobre o meu cabelo, eu vejo que TUDO valeu a pena. Eu não sou melhor do que nenhuma de vocês que está enfrentando a transição, e meu cabelo também não é melhor do que o de ninguém, mas saibam que eu vou sempre incentivar todas vocês, eu vou sempre achar vocês lindas e corajosas.

Separei algumas fotos para vocês acompanharem como foi o crescimento do meu hair, NÃO DESISTAM!


Meu ultimo corte antes de entrar em transição foi o channel, por que eu queria muito, então já aproveitei.


Cabelo com duas texturas nem liso, nem crespo.


Cabelo com mega hair.


Essa foto é recente mas eu usei trança muitas vezes e desde o início.


Com o cabelo quase joãozinho, essa foi a pior fase, eu me sentia muito mal, não queria me olhar muitas vezes.


Essa é de HOJE, exatamente hoje quando estou escrevendo este post, 2 anos após começar a transição, e ele ainda está encolhido porque estou no day after.


Eu realmente me sinto muito feliz, por ter influenciado algumas meninas que eu conheço, e espero que elas assim como eu consigam chegar no objetivo e influenciar outras a perceberem a sua beleza!

Um Beijo
Adna Felício